Sala de Imprensa

NOTÍCIAS

Saiba as últimas novidades da Fazenda da Paz.
b4849d18-c6ff-4162-8ebb-d6d03379f0d2-1200x1200.jpg

16/11/2019 Notícias

Na sexta-feira (15), o presidente da Federação Norte e Nordeste de Comunidades Terapêuticas  – FENNOCT, e coordenador geral da Fazenda da Paz, Célio Barbosa, embeveceu centenas de jovens ao fazer um relato do seu percurso de vida, durante a XXII Jornada da Juventude Saviniana, no contexto do tema do evento: “Dependência só de Deus”.  O foco da XXII Jornada da Juventude Saviniana é o trabalho sobre diversos tipos de dependência desde a derivada de jogos, internet, mentira e dependência afetiva, até a dependência química. A abordagem sobre o tema é realizada através de filmes, palestras e oficinas, como o as de construção do Portal do Vício e o das Virtudes, culminando no sábado (16) com atividades culturais e a na manhã de domingo (17), com um momento de espiritualidade, elaboração de projeto de vida e a Santa Missa.

O testemunho do coordenador da Fazenda da Paz impactou os cerca de 300 adolescentes que participam do evento, assim como aos demais que o assistiram, pela linha descrita, da dependência química redirecionada no sentido da sobriedade e da luz, sustentada pela Fé em Deus. “ Foi muito bom para mim esta oportunidade de falar para os adolescentes sobre a minha realidade de vida, a minha trajetória, que abarca uma mudança muito forte, com a oportunidade dada por Deus de me reencontrar”, pontuou Célio Barbosa.

Para a coordenadora da Pastoral da Juventude Saviniana, Irmã Amaparo, “o testemunho do Célio, antes do Abraço do Pai e da Adoração, marcou muito a noite da Jornada pois foi profundo e contundente, mostrando que a mudança sempre é possível, desde que guiada por Deus.”. Irmã Amparo destacou que Deus quer que nos renovemos sempre e abre os caminhos para que a mudança aconteça. a renovação  Destacando ainda

ANBEAS

Fundada pela italiana Savina Petrilli, a Congregação das Irmãs dos Pobres de Santa Catarina de Sena, instala-se em Belém, Pará, em 1903, assistindo crianças, jovens, adultos e idosos.

No contexto da obra de evangelização e de promoção humana, a Congregação mantém a Associação Norte Brasileira de Educação e Assistência Social – ANBEAS, que por meio de seus 11 (onze) colégios e suas 08 (oito) obras sociais, possui o propósito de atender pessoas em situação de vulnerabilidade social, com educação básica em seus níveis infantis, fundamental e médio, serviços de convivência e fortalecimento de vínculos de crianças, adolescentes e idosos; iniciativas de inclusão produtiva de famílias de baixa renda e de defesa de direitos e acolhimento institucional de crianças vítimas de violência e idosos.

A ANBEAS vem expandindo sua atuação no norte e nordeste do Brasil, atendendo nos Estados do Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Piauí e Distrito Federal destacando-se nas cidades e nos territórios onde atua, pela excelência nos serviços prestados e na formação baseada em valores cristãos.

 

 

 


7b3ad237-e0f3-49ee-9c0a-c0b2f9638cf3.jpg

15/11/2019 Notícias

A Fazenda da Paz, representada pela coordenadora do departamento psicossocial da Instituição, Diana Pacífico, participa, de 14 a 16 de novembro, da 5ª edição do Congresso Brasileiro Sobre Saúde Mental e Dependência Química, evento bianual realizado em João Pessoa – PB, presidido pela Profª Drª Silvana  Maciel, coordenadora do Grupo de Pesquisa em Saúde Mental e Dependência Química, vinculado ao Curso de Psicologia e a Pós-graduação em Psicologia Social da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

80209122-4092-4fd2-8233-a700bbbbdabf

O V Congresso Brasileiro Sobre Saúde Mental e Dependência Química:tem como tema “Refletindo sobre direitos e possibilidades terapêuticas” e comporta como configuração o desenvolvimento de quatro eixos para palestras, mesas redondas e apresentação de trabalhos, envolvendo prevenção e tratamento, políticas públicas, neurociências e intervenções na clínica ampliada.

Nos dois primeiros dias do Congresso, os participantes tiveram o privilégio de assistir a Palestra sobre “Os efeitos  sensoriais e cognitivos  do álcool”, proferida pelo Dr. Natanael Santos;  “Síndrome  de Burnout quando trabalhar com gente  adoece”, pela Dra. Jaqueline Brito; ”Reflexões sobre avaliação e a intervenção para o controle do uso abusivo de drogas”, pela Drª . Cármen Amorim; “Fatos relacionados ao consumo de drogas por adolescentes”, pela Drª. Selene Vasconcelos e “Uso indevido de substâncias psicoativas por infanto-juvenis: vulnerabilidade e desafios”, apresentada pela Drª Clésia  Pachu.

Congresso Brasileiro sobre Saúde Mental e Dependência Química

A primeira edição do Congresso Brasileiro sobre Saúde Mental e Dependência Química foi realizado no ano de 2013, seguido pelos desenvolvidos nos anos 2014, 2015 e 2017. Idealizado pelo  “Grupo de Pesquisa em Saúde Mental e Dependência Química”, coordenado pela Professora Doutora Silvana Maciel, tem como objetivo central possibilitar discussões e construções de conhecimento na área.


d3ec5245-3ca4-4dc7-b797-c885b20daee0-1200x900.jpg

15/11/2019 Notícias

Os acolhidos que integram a turma 2019.2 do curso de técnicas agrícolas do Projeto “Aprender Para Vencer” da Fazenda da Paz realizou, na quinta-feira (14) uma visita técnica a Eco Empreendimentos. Recebidos de forma, ao mesmo tempo calorosa e profissional pelo engenheiro florestal e gerente da Eco Empreendimentos, Celso, os alunos tiveram uma visão prática do funcionamento de uma empresa especializada em produção de mudas e a percepção do potencial do  mercado agrícola.

A turma de técnicas agrícolas do “Aprender Para Vencer” acompanhou o processo produtivo a partir da escolha do substrato para a formação da muda,  passando pelos distintos tipos de adubação, até a finalidade do eucalipto, usado desde a celulose até produção de energia, até a comercialização da planta.

O curso compõe o conjunto de cursos desenvolvidos no Projeto “Aprender Para Vencer”, através do qual os acolhidos da Fazenda da Paz têm tido a oportunidade de aprender uma profissão e voltar ao mercado de trabalho.

Aprender Para Vencer

Este projeto da Fazenda da Paz, desenvolvido em parceria com a Ong Suíça Brucke Le pont, tem como objetivo maior o desenvolvimento das comunidades carentes, e a consequente redução da pobreza, através da inserção dos acolhidos pela Fazenda da Paz no mundo do trabalho, por meio, tanto da qualificação profissional, quanto da elevação do grau de escolaridade proporcionadas pelos cursos do “Aprender Para Vencer”.

Entre os cursos do Projeto “Aprender Para Vencer”, além do de Técnicas Agrícolas, são também ofertados os de Mecânica de Motos, Marcenaria e Manutenção de Computadores, com o projeto comportando um módulo básico de Informática.

O Projeto “Aprender Para Vencer” é essencial na perspectiva da reinserção social de uma maneira efetiva, consequente a capacitação técnica.

ECO Empreendimentos Ambientais

Fundada em Santa Catarina, a ECO Empreendimentos Ambientais desenvolve atividades focadas na silvicultura e na recuperação florestal. Começou realizando consultoria na área florestal e, posteriormente também passou a produzir mudas florestais, implantando reflorestamentos e alcançando novas regiões, como unidades de produção localizada no Piauí.

Norteada pela sua missão, envolvendo o cuidado com o meio ambiente e a responsabilidade socioambiental, realiza atividades de plantio e manutenção de florestas nativas, recuperação de áreas degradadas e recomposição de mata ciliar.

A filial no Piauí alia alta tecnologia de produção e a vantagem climática,  produzindo mudas com rigoroso controle de qualidade e padronização dos produtos e serviços oferecidos, fomentando o plantio de espécies nativas dos diversos biomas nacionais.


d5c9e621-e25f-4195-97c0-0ea6f53e29ee-1200x959.jpg

14/11/2019 Notícias

Na quarta-feira (13), a Fazenda da Paz recebeu, no escritório da Instituição, a visita do gerente de projeto sociais da Nova Ceasa, Jorgenei Moraes, que acompanhado de sua equipe. Aprofundou o seu conhecimento sobre as ações e atividades da Fazenda da Paz, inclusive o potencial para desenvolver ações de parceria com o Banco de Alimentos.

O projeto “Nova Ceasa”, eleito um dos 15 melhores projetos de PPP do mundo, pela Comissão Econômica das Nações Unidas para a Europa (Unece), envolve, não só o combate a pobreza, mas também a proteção ao meio ambiente e a promoção do crescimento econômico.

O projeto comporta diversos aspectos positivos, principalmente sob o prisma da redução de desigualdades, de uma distribuição de renda mais justa, e da perspectiva de melhorar a distribuição de alimentos na região com o Banco de Alimentos, com o objetivo de diminuir o desperdício de alimentos.

No primeiro semestre deste ano, por exemplo, o Banco de Alimentos da Nova Ceasa recebeu 141,611 toneladas de alimentos, doados pelos seus permissionários. Desse total, 111,430 toneladas de alimentos foram para 25 entidades beneficentes e o restante, foi direcionado para cerca de 6.000 pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Este projeto social recebe doações de alimentos que estão maduros, com qualidade nutricional preservada e aptos para o consumo humano. O Banco de Alimentos assume a responsabilidade pelos alimentos doados, higieniza e os distribui para o consumo, prestando contas aos doadores sobre o destino dos alimentos e reaproveitando o que sobra como ração animal. Este processo evidencia que o Banco de Alimentos, pioneiro no estado em relação à sustentabilidade alimentar, possibilita o reaproveitameno integral dos alimentos.


68870fc1-7661-44d8-b620-1786320d07e1-1200x900.jpg

13/11/2019 Notícias

A Fazenda da Paz participa, desde segunda-feira (11), expondo, no seu stand,  o trabalho desenvolvido em 25 anos de atividade e alguns dos seus produtos, do Seminário Regional de Povos e Comunidades Tradicionais e do Fórum dos gestores e gestoras da Agricultura Familiar do Nordeste, tratando das estratégias de financiamento para o desenvolvimento Territorial, Agricultura Familiar e Comercialização e a Regularização Fundiária.

O evento, que se estende até esta quarta-feira (13), é promovido pela Secretaria de Agricultura Familiar do governo do Piauí, e envolve representantes de órgãos de Terra, Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola, Banco Interamericano de Desenvolvimento, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, Rede Nacional de Colegiados Territoriais, Secretários de Agricultura Familiar, Movimentos Sociais e entidades envolvidas com o tema dos estados de Pernambuco, Piauí, Ceará, Maranhão, Sergipe, Paraíba e Rio Grande do Norte.


ce59642a-70f7-4c81-a6ab-7f6701a9f304-1.jpg

12/11/2019 Notícias

Na manhã desta terça-feira (12), os acolhidos da turma do segundo semestre do curso de Eletricista Predial realizaram uma visita técnica, ciceroneados pelo Sr. José Filho, responsável pela parte elétrica da Construtora Boa Vista, parceira da Fazenda da Paz.

Os alunos do curso de Eletricista Predial tiveram a oportunidade, graças a Construtora Boa Vista, de conhecer o canteiro de obras do residencial Brisa Sul, no qual acompanharam o desenvolvimento de uma obra desde a sua fase inicial, até a finalização efetiva de uma das unidades.

O curso compõe o conjunto de cursos desenvolvidos no Projeto “Aprender Para Vencer”, através do qual os acolhidos da Fazenda da Paz têm tido a oportunidade de aprender uma profissão e voltar ao mercado de trabalho.

Aprender Para Vencer

Este projeto da Fazenda da Paz, desenvolvido em parceria com a Ong Suíça Brucke Le Pont, tem como objetivo maior o desenvolvimento das comunidades carentes, e a consequente redução da pobreza, através da inserção dos  acolhidos pela Fazenda da Paz no mundo do trabalho, por meio, tanto da qualificação profissional, quanto da elevação do grau de escolaridade proporcionadas pelos cursos do “Aprender Para Vencer”.

Os cursos ofertados no Projeto “Aprender Para Vencer”, são os de Técnicas Agrícolas, Mecânica de Motos, Marcenaria e Manutenção de Computadores, com o projeto comportando também um módulo básico de Informática.

Assim, o Projeto “Aprender Para Vencer” é fundamental inclusive no que tange a prevenção em relação ao uso de drogas e também na promoção da reinserção social, de uma maneira efetiva através do trabalho.

 

 


8eb65c1f-d4ab-44fd-b7f0-1ee89a514ab3.jpg

12/11/2019 Notíciaspdf

Ao tempo em que agradece aos palestrantes do IX Fórum Social sobre Drogas do Estado do Piauí, a  Fazenda da Paz disponibiliza, no formato .pdf, as palestras realizadas pelos mesmos no contexto do evento, destacando que o conteúdo destas sedimentou a expectativa que o Fórum Social Sobre Drogas, realizado bi anualmente pela Fazenda da Paz,  sempre procura atingir.

APRESENTAÇÃO CENDROGAS – SÂMIO

CONFENACT – ADALBERTO

OSMAR TERRA Palestra IX Fórum_Piauí

PALESTRA MINDFULNESS-SUZENA

PREVENÇÃO DE RECAÍDA – MAURÍCIO LANDRE

REDE DA ASSISTÊNCIA SOCIAL NA POLÍTICA SOBRE DROGAS

Palestra IX Fórum_Piauí

Teresina 2019 – TUS prevenção-TAIS


74708891_1328043984022992_8007511493081825280_o.jpg

09/11/2019 Notícias

O segundo dia (8) do IX Fórum Social Sobre Drogas do Piauí começou com uma profunda análise da organização das Comunidades Terapêuticas a nível nacional, pelo presidente da Confederação Nacional de Comunidades Terapêuticas – CONFENNACT, Adalberto Calmon, desde os primórdios da luta pela união destas, culminando com o atual estágio.

Posteriormente, Wirlen Ferreira, chefe da divisão de alta complexidade da gerência de proteção social especial da SEMCASPI, representou o secretário Samuel Silveira, e expôs as ações e atividades, mais recentes, desenvolvidas pela SEMCASPI.

Encerrando o ciclo de palestras do período, o Coordenador Estadual de Enfrentamento as Drogas – CENDROGAS, Sâmio Falcão Mendes, discorreu sobre o suporte dado por esta coordenadoria para fortalecer as Comunidades Terapêuticas do Piauí.

Na última sessão de palestras do IX Fórum Social sobre Drogas do Estado do Piauí todos os participantes foram privilegiados pelas palestras proferidas por Thais Moriyama e Susana Andery.

A psiquiatra Thais Moriyama, de forma clara e precisa, apresentou, sob o prisma de evidências científicas, os principais problemas relacionados ao uso de substâncias.

Após esta palestra, a psicóloga Susana Andery, transmitiu para todo o auditório o que é o Mindfulness e desenvolveu exercícios práticos de meditação e concentração no sentido do autoconhecimento.

Na sua intervenção, o Promotor de Justiça de Mato Grosso do Sul, Sérgio Rafuch,, apresentou uma linha de tempo da legislação brasileira desde 1976, em relação as drogas, que deixa patente o quanto a cultura liberacionista, levou a um aumento do consumo destas, chegando a um quadro pandêmico em 2006, a universalização do consumo. Sérgio Rafuch finalizou sua palestra manifestando sua convicção de que as Comunidades Terapêuticas representam o caminho mais honesto e eficiente na recuperação dos dependentes químicos no caminho da sobriedade.

Fechando o Fórum, o professor e coordenador da CT Santa Carlota – Instituto Bairral, Maurício Landre, começou a sua palestra, no IX Fórum Social, sobre a prevenção de recaídas, sublinhando que tratar uma pessoa, em qualquer campo, é mobiliza-la com todas as ferramentas possíveis que possam ajuda-la. Neste aspecto destacou a importância da espiritualidade e da ciência no processo.

Sob este prisma, o professor Maurício Landre defendeu na sua apresentação que, visando a prevenção de recaídas, é fundamental que o próprio dependente químico seja partícipe, como protagonista, da reconstrução da sua vida, inclusive da administração da sua sobriedade ou da sua possível recaída. Nesta dinâmica, acentuou que, na perspectiva da educação enquanto fator de mudança de comportamento e de evolução, é necessário empoderar o dependente químico.

 


75341028_1327185127442211_5691743127979687936_n.jpg

08/11/2019 Notícias

O coordenador da Fazenda da Paz, Célio Luís Barbosa, fez a abertura do IX Fórum Social Sobre Drogas do Piauí, promovido pela Fazenda da Paz, regendo, em um momento emocionante, os acolhidos da Instituição cantando a música “O Milagre”. Posteriormente, resgatou a história da Fazenda da Paz, pontuando derrotas e vitórias, e, deixando claro que o Piauí a construiu com suas lideranças de diversos segmentos.

Na percepção de Célio Barbosa, “ é muito grande a importância deste debate, através de mais uma edição do  Fórum Social , promovido hoje pela Fazenda da Paz, para que a sociedade implemente políticas públicas em relação a verdadeira epidemia do consumo de drogas no nosso país”, destacando ainda, o coordenador geral da Fazenda da Paz,  a valorização das Comunidades Terapêuticas no processo de enfrentamento a dependência química.

Na abertura do IX Fórum Social Sobre Drogas do Estado do Piauí, o Secretário de Cuidados e Prevenção as Drogas do Ministério da Cidadania, Quirino Cordeiro, destacou a importância do Fórum, ao tempo em que traçou uma linha do tempo sobre o processo de fortalecimento das Comunidades Terapêuticas, consequente ao alinhamento de novas normas legais que protagonizam o trabalho desenvolvido nestas instituições.

Na sua intervenção durante a cerimônia de abertura do Fórum, o Promotor de Justiça de Mato Grosso do Sul, Sérgio Rafuch, pontuou que o consumo de drogas não pode ser flexibilizado com a descriminalização ou de qualquer outra forma. O Presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, Temístocles Filho, em sua fala, relembrou alguns casos nos quais a Fazenda da Paz ajudou a resgatar dependentes químicos para a sobriedade. O Senador da República Elmano Ferrer realizou uma retrospectiva da trajetória da Fazenda da Paz em um quarto de século de existência.

Ao realizar se manifestar na abertura do IX Fórum Social Sobre Drogas do Estado do Piauí, o governador do Piauí, Wellington Dias, além de discorrer sobre a sua relação pessoal e institucional com a Fazenda da Paz, pontuou as ações e programas desenvolvidos pelo seu governo em relação a dependência química , assim como os projetos em perspectiva futura, como o Centro de Convivência estadual para egressos de Comunidades Terapêuticas Acolhedoras.

Ao proferir a Palestra Magna do IX Fórum Sobre Drogas do Estado do Piauí, o Ministro da Cidadania, Osmar Terra, além de caracterizar e elencar a mudança de viés, a nível federal, que está mudando a história da saúde mental e da vida no nosso país, evidenciou o quadro epidêmico da dependência química, suas nefastas consequências e as falácias da legalização das drogas.

 


0f7db9ad-c703-4c67-8da8-3080a0bfdd7e.jpg

05/11/2019 Notícias

Com muito sucesso, a Fazenda da Paz  participou, nesta  terça-feira (5)  da Jornada Universitária Empreendedora da AESPI/FAPI. O evento objetivou  estimular o empreendedorismo entre os discentes da Universidade e ao mesmo tempo, integrar a academia ao mercado.

Entre as distintas ações, apresentadas em palestras, oficinas, roda de conversa, apresentação de artigos científicos e exposição, a Fazenda da Paz integrou a Feira Empreendedora, com um dos stands mais acessados durante a realização da mesma.


logo_rodape

A Fazenda da Paz é a primeira Comunidade Terapêutica do Piauí, uma instituição não governamental. Hoje acolhemos gratuitamente dependentes químicos que manifestam o desejo de tratamento e mudanças. Leia Mais...

Produtos e Serviços

As pessoas que entendem a importância dessa luta podem começar substituindo alguns produtos vendidos no mercado convencional pelos produzidos na entidade. Conheça mais...

Inscreva-se

Assine e receba informações importantes em seu e-mail.

© 2017 Fazenda da Paz. / Developer Dailson Machado 86 9800 4851