Sala de Imprensa

NOTÍCIAS

Saiba as últimas novidades da Fazenda da Paz.
IMG-20201015-WA0021-1200x852.jpg

16/10/2020 Notícias

A equipe do Centro de Convivência “Retomando O Caminho” está participando de uma capacitação sobre os serviços de convivência e fortalecimento de vínculos da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI).

Essa capacitação é uma forma de alinhar os serviços ofertados pelo Centro de Convivência com a Secretaria e o CRAS. “Esse é um serviço complementar para as famílias em situação de vulnerabilidade com o objetivo de explicar os seus direitos e deveres e buscar o protagonismo social. A capacitação é uma forma de explicar para toda a equipe a importância do serviço, principalmente agora na pandemia, mesmo que remoto através de grupos de whatsapp e lives”, explica a assistente social Lucélia Silva, da Coordenação de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da SEMCASPI.

IMG-20201015-WA0020

 

 

 

 

 

 

 

A capacitação acontece nos dias 15 e 16 de outubro com toda a equipe do Centro, que foi reformulada e está reorganizando e estudando formas de retomar os atendimentos presenciais. No Centro de Convivência Retomando o Caminho, se busca a inserção e acompanhamento de egressos de Comunidades Terapêuticas e da Rede de Atendimento ao Dependente Químico de toda Teresina.

“O Retomando o Caminho é uma experiência inovadora no município de Teresina e até nacionalmente porque é direcionado a pessoas que enfrentam uma vulnerabilidade específica, que é a questão de álcool e drogas. Esse serviço é voltado para esse indivíduo e sua família e tem uma importância muito grande porque é uma oportunidade dessas pessoas reconstruírem suas histórias de vida”, finaliza

O Centro tem o objetivo de fortalecer os vínculos que foram fragilizados por conta da vulnerabilidade vivenciada. É um serviço que está de portas abertas para todos aqueles que querem retomar o caminho, construir uma nova história, resgatar sua cidadania e fortalecer seus direitos.


IMG_20201005_102304_918.jpg

05/10/2020 Notícias

No dia 5 de outubro de 2009, o Servo de Deus Padre Pedro Balzi nos deixou. Foram 82 anos dedicados a ajudar o próximo, vivendo a missão de estar junto daqueles que mais precisam. Sua dedicação ao outro, fez com que saísse da Suíça e chegasse até o Brasil, em Teresina. Aqui dedicou-se a diversas ações voltadas para o povo que mais precisava, cuidando de doentes e, juntamente com Célio Luiz Barbosa, fundou a Fazenda da Paz. Hoje, com muito orgulho e gratidão, levamos adiante essa missão de mudar a vida daqueles que precisam.



26/09/2020 Notícias

A Fazenda da Paz recebeu 41 dos 50 votos, para compor o Conselho Municipal de Saúde (CMS) de Teresina no segmento Usuários do SUS no biênio 2021/2023. O CMS é órgão de instância colegiada, que tem como missão a deliberação, fiscalização, acompanhamento e monitoramento das políticas públicas municipal de saúde.

O Conselho é vinculado a Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina, composto por representante de usuários, entidades representativas de trabalhadores de saúde, Prestadores de Saúde, representantes do Governo Municipal.

A assistente social Eliane Carvalho esteve presente na votação como representante a Fazenda da Paz no Conselho.

O CMS é constituído por 64 conselheiros titulares e suplentes. Com o propósito de manter o equilíbrio dos interesses envolvido, a distribuição das vagas é paritária, ou seja: 50% usuário, 25% trabalhadores da saúde e 25% prestadores de saúde e gestores.

O presidente será eleito pelos membros do conselho logo, após a posse dos conselheiros.


WhatsApp-Image-2020-09-14-at-14.51.15-1.jpeg

14/09/2020 Notícias

A Fazenda da Paz recebeu cestas básicas doadas pelo Projeto #EurofarmaApoia . O projeto nasceu com o intuito de ajudar as instituições que auxiliam pessoas em situações de vulnerabilidade, principalmente nesse contexto atual de pandemia.

A Família Fazenda da Paz agradece as doações e por acreditar e apoiar a nossa causa. As cestas básicas foram encaminhadas para a Comunidade Terapêutica Luz e Vida, localizada na zona leste de Teresina.

 

WhatsApp Image 2020-09-14 at 14.51.16 WhatsApp Image 2020-09-14 at 14.51.16 (1) WhatsApp Image 2020-09-14 at 14.51.15


Ana-Carolina-psicóloga.jpeg

09/09/2020 Notícias

Desde 2015 que temos o conhecido “Setembro Amarelo”, que é o mês dedicado a campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio. Esse ano a campanha traz como tema: “Falar é a melhor solução”, visto que a partir do momento que levamos informação para a população, acabamos tirando certos tabus e preconceitos sobre o tema.

De acordo com a psicóloga Ana Carolina Mastrangelo, que trabalha com o acolhimento de dependentes químicos na Fazenda da Paz, para se entender o processo do suicídio, primeiramente é preciso falar de alguns outros transtornos que estão associados, como a depressão.

“O principal objetivo dessa campanha é exatamente informar a população para que, a partir dessa informação, de forma correta, a pessoa possa procurar um tratamento adequado. A partir do momento que se procura um psiquiatra ou um psicólogo, esse indivíduo vai ser assistido de uma forma melhor. Não só ele, mas toda a família, pois esse processo do adoecimento da saúde mental não envolve somente o indivíduo, mas todos aqueles que o cercam: a família, a sociedade, o meio de trabalho”, explica.

O suicídio é a segunda causa mundial de mortes entre pessoas de 15 a 29 anos, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). E o suicídio é o desfecho de um processo, que pode ser influenciado muitas vezes pelo abuso de álcool e outras drogas.

“Uma questão que muitas vezes pode estar associada a depressão é o uso de drogas ilícitas e abusivo de álcool. A partir do momento que esse indivíduo já tem um histórico de depressão ou algum outro transtorno, essas drogas podem potencializar características ou comportamentos depressivos. Quando o indivíduo muda o seu comportamento por conta da bebida ou da droga, é um sinal de alerta”, observa a psicóloga.

Em relação a experiência de escuta acolhedora na Fazenda da Paz, Ana Carolina observa que muitas vezes, ao questionar o dependente químico se ele já teve alguma ideação suicida ou tentativa de suicídio, alguns falam que sim.

“Muitos deles já tinham um quadro depressivo e, com o uso da droga ou da bebida, ele se intensifica. Outros dizem que após o uso da droga, começaram a ter ideações e até mesmo tentativas de suicídio. Então, são dois perfis que tem uma coisa em comum: o uso da droga e da bebida como potencializador ou desenvolvedor de um quadro depressivo ou psicótico, levando a ideação ou tentativa de suicídio”, diz a psicóloga.

A tentativa de suicídio abala não apenas o indivíduo, mas toda a família por ser algo que ninguém espera. A equipe do psicossocial da Fazenda da Paz atua junto com a família para fortalecer esses vínculos. Não focando apenas na questão da própria dependência química, mas também tendo esse cuidado de observar um quadro depressivo ou até mesmo da ideação e tentativa de suicídio. A Fazenda da Paz cuida não só do indivíduo, mas da família como um todo.


Fazenda-da-Paz-1200x1200.jpeg

25/08/2020 Notícias

Voltou à pauta na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 399/2015, de autoria do Deputado Fábio Mitidieri. Ele altera o art. 2º da Lei nº 11.343, de 23 de agosto de 2006, para viabilizar a comercialização de medicamentos que contenham extratos, substratos ou partes da planta ‘Cannabis’ sativa em sua formulação.

A Fazenda da Paz, entidade que trabalha há 26 anos no acolhimento e tratamento de dependentes químicos, vê o Projeto de Lei como uma manobra para legalizar o plantio de maconha no Brasil.

“Essa PL vem para trazer uma destruição muito grande para a família brasileira em todos os sentidos. Ela vai liberar o plantio, cultivo, venda, o transporte; o agronegócio da maconha. Digamos não à PL 399/2015”, comenta Célio Luiz Barbosa, coordenador geral da Fazenda da Paz e presidente da Federação Nacional de Comunidades Terapêuticas (FENACT).

Um outro ponto a ser frisado nesse processo de votação do projeto é que o relator da Comissão que irá avaliar é o Deputado Paulo Teixeira que, no ano passado apresentou o projeto de lei nº 10 549/2018, defendendo vários usos da maconha no Brasil, dentre eles o uso recreativo.


20190922_042820.jpg

24/08/2020 Notícias

A Resolução nº 3/2020 do Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas – CONAD, publicada no dia 24 de julho deste ano, regulamenta o acolhimento de adolescentes em Comunidades Terapêuticas. Esta importante decisão veio para amparar o tratamento de menores de idade dependentes químicos.

“Desde sua criação, a Fazenda da Paz, com acompanhamento legal da 1ª Vara da Infância, realiza o acolhimento de adolescentes de 12 a 18 anos incompletos. Mas hoje temos uma vitória. Temos o marco regulatório que a Fazenda da Paz, através da FENACT, teve a honra de participar de sua construção. Esta resolução define regras, normas e todas as ações possíveis para cuidar melhor dos nossos adolescentes”, explica Célio Luiz Barbosa, coordenador da Fazenda da Paz e presidente da Federação Nacional de Comunidades Terapêuticas – FENACT.

De acordo com a resolução, para o acolhimento, dentre outros pontos, há a obrigatoriedade de um Projeto Político-Pedagógico Terapêutico exclusivo para adolescentes, com participação de um dos pais ou responsável na elaboração deste Projeto. Possibilidade de interrupção do acolhimento a qualquer tempo. A Comunidade Terapêutica deverá ofertar espaços exclusivos para adolescentes, devendo ter uma equipe multidisciplinar e multisetorial exclusiva para ele. Deve ainda haver uma interação com a rede, especialmente com o Conselho Tutelar e a Vara da Infância e Juventude.

“Cada ponto desta resolução foi amplamente discutido para melhor tratar os nossos adolescentes, possibilitando ao mesmo um futuro melhor longe da dependência química. Consideramos uma importante conquista para melhorar e alinhar o acolhimento em todo o país”, comenta Célio Luiz.


live.jpeg

28/07/2020 Notícias

Nesta sexta-feira (31), a Fazenda da Paz reúne importantes nomes para debater o tema “Uso da Maconha na Adolescência e como Cuidar”. A live acontece no facebook da instituição, às 19h.

Participarão da live o médico e deputado federal Osmar Terra, o médico psiquiatra e Secretário da SENAPRED Quirino Cordeiro Júnior, o médico psiquiatra e PhD em dependência química Ronaldo Laranjeiras e o coordenador Geral da Fazenda da Paz e presidente da FENACT Célio Luiz Barbosa.

“A Fazenda da Paz fez o convite e todos confirmaram prontamente sua presença nesta live. Reunimos estas pessoas de referência para tratar de um assunto muito importante que é o acesso à maconha por adolescentes. A partir das experiências profissionais de cada um, vamos debater as formas de prevenção e como cuidar depois que já houve o consumo”, explica Célio Luiz Barbosa.

 

Sobre os participantes 

Osmar Terra é médico formado na Federal do Rio Janeiro; ex-prefeito de Santa Rosa; Secretário da Saúde do Rio Grande do Sul nos governos Rigotto e Yeda Crusius e idealizador do Primeira Infância Melhor (PIM). Como secretário enfrentou as epidemias de dengue, febre amarela e gripe H1N1. Foi Ministro do Desenvolvimento Social do presidente Michel Temer e da Cidadania do presidente Jair Bolsonaro.

Ronaldo Laranjeira é médico psiquiatra pela Escola Paulista de Medicina; professor titular da Escola Paulista de de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e PhD em Dependência Química pela Universidade de Londres, na Inglaterra. Coordenou os dois Levantamentos NAcionais sobre álcool e Drogas (LENAD) que utilizam a amostragem domiciliar para avaliar o consumo de substâncias. 

Quirino Cordeiro Júnior é médico psiquiatra pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e doutor pela mesma instituição. Especialista em Psiquiatria e Psiquiatria Forense pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), foi diretor do Centro de Atenção Integrada à Saúde Mental (Caism); diretor do Hospital Cantareira da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp); coordenador-geral de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas do Ministério da Saúde e membro do Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas (Conad). Atualmente é Secretário de Cuidados e Prevenção às Drogas e professor adjunto do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.


Quarto-Maria.jpeg

27/07/2020 Notícias

O Centro de Acolhimento e Isolamento Social (CAIS Piauí) é uma iniciativa do Todos pela Saúde para combater a Covid-19 e seus efeitos sobre a sociedade. Este é um local dedicado a salvar vidas e barrar o avanço da transmissão do novo coronavírus. Uma curiosidade sobre o Centro é que o nome dos quartos onde recebemos os hóspedes para realizar o isolamento social, são de pessoas que sempre pensaram em ajudar o próximo e apoiaram a Fazenda da Paz em todos a seguir na missão de salvar vidas.
° Conceição Mendes foi voluntária. Diretora da Fazenda da Paz, fez parte da equipe de acolhimento das famílias e dependente químico sempre com um olhar e abraço para o próximo. Ensinou aos voluntários a importância da ética e compromisso com a missão da Fazenda da Paz.
° Professor Rabelo foi voluntário. Implantou o sistema de educação à distância dentro da Fazenda da Paz, sempre disponível e em busca de novos conhecimentos para os acolhidos. Deixou o legado da educação inclusiva e a certeza que através da educação se transforma a vida do dependente químico e sua família.
° José Damásio e Dona Zita foram voluntário e diretores da Fazenda da Paz. Implantaram o grupo de apoio “ O amor vencerá”, em 1999. Sempre preocupados com o cuidado com as famílias e seus acolhidos, caminhavam na luz do Espírito Santo com muito amor ao próximo.
° Atalice (Talicinha) foi voluntária e Mãe do coordenador geral Célio Luiz Barbosa. Em 1996 iniciou a missão de ajudar os acolhidos com mensagens e histórias de superação e, uma vez por mês, enviava “um chocolate”, recurso financeiro, pelos correios que ajudava em pequenas despesas da comunidade. Ajudou a fortalecer a importância da união das famílias.
° Reginaldo Peracchi, italiano que acreditou que a distância não importava quando a missão é amar e servir sempre ao próximo. Desde 1994 junto com os amigos do Servo de Deus Padre Pedro Balzi fundou a Fazenda da Paz e ajudou a manter a estrutura física e espiritual com amor incondicional.


O Cais Piauí foi resultado da articulação da Vice-Governadora Regina Sousa junto a Fundação Itaú, sendo a Fazenda da Paz a organização que recebeu a missão de coordenar o Centro com apoio da Secretaria Estadual de Educação (Seduc) e da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Quarto Zita Quarto Talicinha Quarto Reginaldo Quarto Rabelo Quarto Damasio Quarto Conceição


WhatsApp-Image-2020-07-25-at-08.02.51-1200x748.jpeg

27/07/2020 Notícias

Trinta e seis acolhidos da Fazenda da Paz e onze mulheres moradoras do Povoado Canaã receberam certificado dos cursos profissionalizantes ofertados pela Fazenda da Paz. Os cursos são uma parceria da Fazenda da Paz com a instituição suíça Brücke Le Pont.

Certificacao2A profissionalização faz parte da metodologia da Fazenda da Paz. Ao concluir o tratamento, muitos acolhidos retornavam ociosos para casa. Mas, através da profissionalização, o pós-tratamento se torna mais seguro estando alinhado com a reinserção social através do trabalho. Por conta disso, além da oportunidade de concluir o ensino regular, os dependentes químicos em tratamento podem realizar os cursos de corte e costura, informática básica, marcenaria, técnicas agrícolas, mecânica de moto ou eletricista predial. No caso das mulheres do Povoado Canaã, esta foi uma forma encontrada pela Instituição de ajudar também diretamente a população onde uma de nossas Comunidades Terapêuticas está inserida.

“A Fazenda da Paz, juntamente com a Brücke Le pont, ONG suíça, há 11 anos vem oferecendo algo a mais para os nossos acolhidos e esse algo a mais é a qualificação profissional. Com muita alegria dizemos que eles conseguiram esse certificado por mérito e dedicação deles”, diz Eneida Lustosa, presidente da Fazenda da Paz.

WhatsApp Image 2020-07-22 at 19.33.27“Quando fiquei sabendo do curso, já estava em andamento. Eu sempre gostei de aprender. O que tenho a dizer é que a professora amou a gente e ensinou. Quando fiz um vestido e postei no meu Instagram, nem mesmo acreditei que fui eu que fiz, com tantos detalhes. Ainda tive a oportunidade de conhecer a história da Fazenda, de ouvir depoimento de um rapaz que estava grato por estar limpo e mudado a sua vida. E a Fazenda também me mudou para melhor de outra forma, melhorando através desse curso a minha costura. Só posso agradecer a Deus por ter colocado a Fazenda da Paz no meu caminho”, conta Michele Sousa, concludente do curso.

Os cursos têm o objetivo de estimular um aprendizado e auxiliar na inserção do mercado de trabalho, desta forma, todos estão qualificados a trabalharem na área que concluíram o curso e Fazenda da Paz ajuda ainda na busca de um novo emprego, fazendo o intermédio com empresas e elaborando um bom currículo.


logo_rodape

A Fazenda da Paz é a primeira Comunidade Terapêutica do Piauí, uma instituição não governamental. Hoje acolhemos gratuitamente dependentes químicos que manifestam o desejo de tratamento e mudanças. Leia Mais...

Produtos e Serviços

As pessoas que entendem a importância dessa luta podem começar substituindo alguns produtos vendidos no mercado convencional pelos produzidos na entidade. Conheça mais...

Inscreva-se

Assine e receba informações importantes em seu e-mail.

© 2017 Fazenda da Paz. / Developer Dailson Machado 86 9800 4851