top of page

Fazenda da Paz realiza graduação de mais um grupo de acolhidos

Atualizado: 30 de ago. de 2023


O evento marcou mais um passo importante dado por aqueles que agora levarão uma vida fora do centro de tratamento


Mais um grupo de pessoas assistidas pela Comunidade Terapêutica Fazenda da Paz finalizaram as etapas do Programa de Tratamento de Dependência Química. Durante a solenidade, cada um dos cinco graduandos receberam o certificado por terem concluído a graduação, que durou 12 meses.


De acordo com o coordenador geral da Fazenda da Paz, Célio Luís Barbosa, o evento marcou mais um passo importante dado por aqueles que agora levarão uma vida fora do centro de tratamento. Há um ano dependentes chegaram, junto com a família, totalmente debilitados em todos os sentidos. “Essa graduação é sinônimo de renovação, de que estamos devolvendo eles limpos. O período de um ano é difícil, a rotina do dia a dia muda, mas conseguimos”, destaca.


“Agradeço muito ao Seu Célio e Dona Eneida, pois dentro da Fazenda da Paz vim aprender a conseguir as coisas, pegaram na minha mão, me ajudaram e graças a Deus estou aqui livre e sóbrio. Você que precisa de ajuda, conte com a Fazenda da Paz, foi através dela e de toda equipe que o milagre aconteceu em minha vida”, afirma o graduado Josiel B.


Respeitando as normas de saúde devido o aumento de casos de COVID-19 e gripe, a graduação aconteceu somente entre os acolhidos.





Sobre a Fazenda da Paz


A Fazenda da Paz é primeira Comunidade Terapêutica do Piauí, uma instituição não governamental, que hoje acolhe gratuitamente dependentes químicos que manifestam o desejo de tratamento e mudanças. Já realizou mais de 35.000 (trinta e cinco mil) atendimentos de familiares e dependentes químicos.

A instituição tem como linhas de atuação a prevenção, o tratamento, a reinserção social e a incidência política. A Prevenção é linha adotada como estratégia de superação do preconceito e elevação das chances de reinserção socioeconômica e prevenção da reincidência ao uso de álcool e outras drogas.

4 visualizações

Comments


bottom of page